Dicas

Terrorismo Nutricional: Em quem acreditar?

2302 pankreatit diabet dieta - Terrorismo Nutricional: Em quem acreditar?
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Cada vez mais os variados tipos de dieta estão sendo difundidos e replicados por vários tipos de pessoas. Mas, você deve fazer uma dieta? Lembrando que: Dieta e Reeducação Alimentar são coisas COMPLETAMENTE diferentes. Hoje podemos dizer que nos deparamos com um Terrorismo Nutricional. Várias dietas que restringem vários tipos de alimentos, sejam alguns específicos ou até grupos alimentares. Mas o que isso causa no nosso corpo?

Hoje li uma matéria antiga, mas que trata de um assunto bem atual que você pode ver aqui, e nela irei basear todo o meu texto.

Demonizar Alimentos

A cada temporada um alimento passa a ser o vilão, já perceberam isso? Uma hora é o glúten, depois a lactose, e os novos vilões da vez são os Carboidratos. Mas percebam, bem antes de fazer dietas, bem antes de existirem qualquer tipo de “regulamentação” alimentar, comíamos de tudo, e vivíamos bem e com longevidade. Agora, quem diabos inventou esse monte de coisa sobre comida? em quem devemos acreditar? Hoje passamos a ver a comida como um inimigo que somos obrigados a conviver, abdicando cada vez mais do prazer pela comida e vivendo fadados a apenas “comer para emagrecer”. Esse é o maior erro que podemos cometer.

Restringir Grupos Alimentares

Existem dietas que prometem que a gente perca muito peso em pouquíssimo tempo. Mas qual a premissa dessa dieta? CORTEM CARBOIDRATOS, CORTEM PROTEÍNAS, NÃO COMAM CARNE VERMELHA E O FRANGO É SÓ SE FOR FRITO NA LUZ DO DIA. Essa última foi brincadeira, mas não me surpreenderia se fosse verdade. De acordo com a matéria citada ali em cima, nosso corpo é acostumado a “conviver” com todos os tipos alimentares, inclusive a gordura! Mas de que maneira? 1 palavrinha mágica: EQUILÍBRIO. Comer mais de um e menos do outro não vai te fazer sentir melhor, não vai fazer seu processo de emagrecimento mais saudável, nem te ajudar a manter o peso que perdeu. Talvez nem ajude a suprir a falta de um alimento do outro grupo alimentar que você restringiu.

Veja mais: Barra de Cereais: É uma vilã ou uma aliada?

Dietas da Moda x Reeducação Alimentar: Qual Escolher?

Arroz Branco x Arroz Integral: Qual o melhor?

Emagrecer bem é uma troca de hábitos, não é imediato

Existe uma diferença enorme não só no acréscimo da palavra BEM após emagrecimento. Uma mudança de hábito significa: trocar uma porção de práticas em que você já estava acostumado e adaptado por outras, que no caso da mudança alimentar, é pra melhor. Você vai começar a fazer coisas que não fazia antes! Você vai sentir, você vai reagir, seu corpo não vai gostar nada nada do que tá acontecendo, mas uma coisa eu te garanto: É MOMENTÂNEO, passa rapidinho. E imagina: Você ficou por anos comendo mal, não praticando exercícios, e sério que você acha que seu corpo vai dizer: HEY, QUE BOM! VERDURA! VOU EMAGRECER! (bem que eu queria, mas não é bem assim que funciona). Até seu corpo se acostumar, se regular de acordo com as novas práticas, leva tempo e pode ser que você não veja resultado imediatamente. MAS PELO AMOR DE DEUS, não se desespere e nem desista por isso.

Você não pode levar essa nova rotina ao extremismo, de forma que você se sinta mal e estressado(a) por fazê-la. Encontrar o equilíbrio, explorar seu paladar, encontrar alimentos saudáveis nutricionalmente e incluí-los na sua rotina é ideal para que o processo comece a funcionar. E quando der a vontade de comer alguma coisa “não-saudável”, encontre um substituto, e se não resolver, coma! Coma com consciência, e não com frequência. Isso ajuda bastante.

Terrorismo Nutricional pode causar transtornos alimentares

A partir do momento em que você restringe muito um grupo alimentar, emagrece e volta a comer de novo, seu corpo reage. E pode não reagir de uma forma tão boa. A frustração por engordar de novo e não conseguir manter o peso também causam diversos problemas psicológicos. A pessoa pode passar a ser aversa a comida e ter transtornos alimentares seríssimos. Nenhum extremismo é saudável, e nenhum vale a pena. Quando você aprende a comer comida de verdade, com quantidade certa e em momentos certos, a mudança em seu corpo vai acontecer, e se essa for sua preocupação, saia dessa! É com calma e paciência é que se garante uma mudança definitiva.

E ai? em quem devemos acreditar?

Acredite em quem te diga e te prove que todos os alimentos podem ser balanceados em sua alimentação e que você pode viver bem e saudável comendo de tudo. Acredite em quem te diga que não há problema em comer um fast food de vez em quando, e que você não precisa deixar de viver, nem sair com os amigos por causa disso. Acredite em quem te mostre que inserir alimentos saudáveis de forma balanceada é o caminho para alcançar seus objetivos. Pare de acreditar no que você vê na tv, na mídia, nas redes sociais. O que serve pra mim, pode não servir para você, e as consequências disso podem ser bem piores. Consulte sempre um nutricionista ao iniciar qualquer tipo de prática alimentar.

Espero que tenham gostado!

Cuidem-se 🙂

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    Para o Topo
    0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×